3 modos de instalação de uma piscina e qual o melhor?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

 piscina redonda de fibra

Atualmente, existem muitos tipos de piscinas de diferentes modelos, tamanhos e materiais. Isso se deve, em grande parte, ao intenso desenvolvimento desse setor nas últimas décadas.

Portanto, neste post, queremos mostrar os diferentes tipos de piscina e seu modo de instalação. Confira a seguir:

Que tipos de piscinas existem?

Desde o mais pequeno, funcional e econômico, até as mais inovadoras, sofisticadas e caras, há piscinas de todos os tipos de gostos.

Desse modo, cada tipo de piscina e material pedem uma instalação diferente. Veja as principais delas e saibam como devem ser instaladas:

Piscina de fibra

Por que as piscinas de fibra são tão fáceis de manter? Tudo tem a ver com a porosidade da superfície.

A superfície de uma piscina de fibra não é porosa. Em contraste, a superfície de uma piscina de concreto é extremamente áspera e porosa.

Essas cavidades e poros ásperos dão às algas um lugar para se esconder e chamar de lar, tornando a propriedade da piscina muito mais difícil.

Os construtores de piscinas de concreto ensinam aos seus clientes que a escovação semanal de toda a superfície da piscina é obrigatória para manter as algas afastadas.

Além disso, o uso de produtos químicos em piscinas de concreto é muito maior devido à necessidade de penetrar na superfície da piscina para matar algas.

Por estas razões, os proprietários de uma piscina redonda de fibra ou uma piscina retangular gastam 75% menos tempo e dinheiro mantendo suas piscinas. Isso significa que qualquer pessoa que possua uma piscina de fibra passará mais tempo na piscina e menos tempo mantendo-a.

A instalação da piscina de fibra ocorre em cerca de dois dias. Para instalar é necessário preparar o terreno, fazer a escavação na área escolhida e nas medidas compatíveis com o modelo. Após isso, faça a instalação dos equipamentos hidráulicos, como tubulações e bomba de água, que devem manter o fluxo no interior da piscina.

Uma piscina de fibra dispensa o uso de malhas de ferro, vigas e argamassa como nos demais materiais. O acabamento deve ser feito com piso antiderrapante, com madeira ou pedras.

Piscina de concreto

Como mencionado acima, as piscinas de concreto oferecem a capacidade serem personalizadas. Isto é perfeito para aqueles que querem uma piscina extremamente profunda ou grande, ou uma piscina com bordas de bronzeamento personalizado (que também estão disponíveis em fibra de vidro) ou outros recursos personalizados.

A instalação da piscina de concreto envolve escavação e a remoção de terra para que após isso se faça as etapas de fundação. Depois de fazer a caixa onde ficará a piscina será o momento de impermeabilizá-la.

Para cada metro é necessária uma coluna de sustentação, pois qualquer movimentação poderia comprometer o resultado da impermeabilização. E para finalizar é feito uma estruturação com terra ou bloco de concreto mais fino.

Piscina de vinil

A piscina de vinil é feita com um bolsão flexível, para a sua instalação, a área escolhida para a colocação deve estar limpa e adequada para receber o material. Por isso, a pessoa responsável pela instalação deverá limpar com lixas e varrer todas as impurezas e sujidades do local.

Após isso coloca-se a manta amortecedora de acordo com a modelagem da piscina, em seguida é inserido o vinil que vai sendo encaixado em todo perfil até que fique perfeita grudando na parede da alvenaria e colocado o baguete (perfil de acabamento).

Este processo é feito somente depois que a estrutura da piscina está pronta, o que requer antes disso a escavação e remoção de terras e levantamento das paredes para a inserção do material.



Comentários no Facebook