5 erros mais comuns na aplicação de cloro

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Piscina durante pôr do sol

Se você tem uma piscina infantil ou adulta em sua casa, você deve considerar-se uma pessoa de sorte, é um grande prazer ter uma piscina à disposição. Independentemente de a piscina projetada ser ou não usada diariamente, é vital que a manutenção seja totalmente compreendida pelo proprietário.

É por isso mesmo que você deve estar ciente dos níveis da piscina pelo menos uma vez por semana para garantir que você e sua família ou amigos estejam desfrutando com segurança. Saiba mais:

Erros mais comuns no uso do cloro em piscinas grandes e pequenas

1.   Não verificar as condições de pH e cloro com uma periodicidade adequada.

No verão você deve controlar, pelo menos, duas vezes por semana. Se essas condições não forem controladas com a periodicidade apropriada, é possível que, quando controladas, grandes ajustes sejam necessários ou cheguem tarde demais.

2.   Aplicar o cloro em excesso.

Muitos pensam que quanto mais se aplicar cloro melhor será o seu resultado. Este pensamento está errado, é preciso aplicar a quantidade de cloro ideal.

Usar o cloro em excesso pode danificar a piscina infantil ou adulta que você possui, e ainda causar irritação nos olhos e pele. A quantidade recomendada é de 1 a 3 ppm.

3.   Aplicar o cloro durante o dia.

O cloro deve ser aplicado após o pôr do sol para obter o melhor resultado.

4.   Nível de ph elevado.

É importante saber que o cloro a um pH de 8,5 é ativo em apenas 10%, em contraste, a um pH de 7,0, ele está ativo em 73%. Assim, ao revisar o pH da piscina, o cloro recebe seu potencial máximo de uso.

5.   Não ter boa circulação de água dentro da sua piscina projetada.

A circulação da água permite a sua oxigenação e uma mistura bem distribuída e uniforme dos produtos químicos que a mantém limpa. Quer optemos por circular ou recirculação, isto é, passando a água através do filtro de areia ou através do filtro da bomba, ele deve fazê-lo corretamente.



Comentários no Facebook