O que pode acontecer se fizer xixi na piscina?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

mulher sentada em piscina grande

A diversão na piscina grande está incrível, até você perceber que a vontade de ir ao banheiro começa a incomodar mas não quer deixar o divertimento. E aí, o que fazer? O que a maioria das pessoas costumam fazer é urinar na piscina, porém, esse hábito considerado simples pode acarretar alguns perigos. Você sabia?

Muitos não sabem e por isso acham mais fácil fazer xixi ali mesmo, às vezes por não conseguir segurar até chegar no banheiro, mas além de não ser higiênico o ato de urinar pode causar certos problemas para os usuários da piscina para criança e adulto, como: irritação de pele, olhos e garganta, infecção e outros problemas que podem afetar sua saúde. Saiba mais:

Urina e cloro: substâncias nocivas na água

Embora para muitas pessoas pareça inofensivo, urinar nas piscinas produz substâncias que podem causar várias infecções. Aqueles que são responsáveis ​​pela purificação da água usam substâncias que, em contato com certos elementos, podem prejudicar a saúde.

O produto habitualmente utilizado na limpeza da piscina arredondada ou quadrada é o cloro, que em sua vez, produzem outras substâncias, quando combinados não só com urina, mas suor, células da pele, cosméticos, perfumes e outros, podem causar alterações que atingem a pele e a saúde.

Quando o ácido úrico presente na urina reage com o cloro, são produzidas substâncias tóxicas que irritam a pele, os olhos e o trato respiratório.

Como prevenir infecções em piscinas?

Para reduzir o risco de sofrer exposição a substâncias nocivas na água, a primeira e mais simples recomendação é que as pessoas evitem urinar nas piscinas.

Tendo em conta o quão difícil pode ser para controlar este comportamento, vale a pena tomar medidas adicionais, tais como:

  • Ir até o chuveiro antes e depois de sair da piscina.
  • Usar uma touca de banho.
  • Depois de nadar, seque a pele perfeitamente, principalmente os pés, para evitar a proliferação de fungos, além de usar sandálias nas áreas comuns.
  • Evite as piscinas onde a intensidade do odor da água faz com que você suspeite de excesso de cloro ou de uma manutenção inadequada das condições higiênicas.
  • Remova maquiagem e / ou perfume antes de entrar na piscina.


Comentários no Facebook